“Se ela aparecesse numa festa, todo mundo iria embora”. Foi o que eu ouvi um menino da minha sala no ensino médio dizer, como uma piada, pros amigos. Eu tinha depressão. Naquela época eu não sabia ainda mas eu já apresentava todos os sinais. Mas eu nunca entendi porque as pessoas faziam questão de apontar e rir de mim e da minha solidão.

“Eu não sei porque ela é desse jeito. A irmã dela é normal.” Foi o que eu ouvi um “amigo” da oitava série (hoje nono ano) dizer pra um colega, enquanto voltávamos pra casa como fazíamos todo dia. Eu ainda não tinha depressão. Eu tinha um grupo de amigos dos quais eu ficava junto todos os dias, quando não estava chorando escondida no banheiro do colégio. Eu nunca entendi porque eu fazia isso.

Eu cresci ouvindo tanto de “amigos” quanto de pessoas próximas e distantes que tem algo de muito errado comigo. Que eu sou a causa de todos os meus problemas porque eu sou “desse jeito”. Eu cresci ouvindo que não merecia ser aceita. Então aprendi a me isolar e a não confiar em ninguém. Passei a ver a solidão como amiga ao invés de carrasca. Acho que muitos diriam que isso só reforça o que todo mundo falou. Mas você não pode reclamar do que você mesmo criou. Até a pessoa mais solitária do mundo, mais reclusa do mundo, sabe o que as pessoas dizem e querem ser aceitas de alguma forma. Todo mundo quer. Eu acho que só cansei de esperar isso dos outros. Eu percebi que é hora de EU me aceitar. E embora ainda seja difícil pra mim fazer isso, eu espero que um dia eu possa ouvir o que os outros dizem e simplesmente ignorar, ao invés de internalizar e sofrer.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s